Minerais Abrasivos

Dependendo da atividade a que se deseja realizar, a escolha de um material é fundamental para que a eficiência seja obtida de forma satisfatória. Na escolha do abrasivo devemos prestar atenção em algumas características, tais como:

A) Dureza: Pode ser definida como a resistência à ação do risco. Baseada neste conceito foi criada a conhecida escala Mohs onde o mineral mais mole, o talco, é riscado por todos os outros e o mais duro é o diamante que não é riscado por nenhum e risca todos os outros.

B) Tenacidade: É a capacidade que os grãos abrasivos têm de absorver energia, isto é, resistir a impactos sob ação dos esforços de choque sem perder o poder de corte. Portanto, os grãos que possuem essa característica são indicados para operações de elevadas pressões.

C) Friabilidade: É a capacidade do grão fraturar-se durante a operação quando este perde o poder de corte, criando assim novas arestas de corte, obtendo menor geração de calor. Portanto os grãos que apresentam essa característica são indicados em operações que requerem a integridade física da peça-obra.

Desta forma ao se analisar um material abrasivo nos deparamos com os mais comumente utilizados nas indústrias de abrasivos, que são eles:

Óxido de alumínio:
a) Óxido de Alumínio Marrom: Grão abrasivo robusto e pouco friável. É utilizado em operações de corte, desbaste e retificação em aços de baixo carbono, facas, alavancas, picaretas, talhadeiras, etc. Em aplicações com lixas também é indicado para materiais não ferrosos como madeira dura e alumínio.

b) Óxido de Alumínio Branco: Operações de precisão (acabamento) e afiação de ferramentas de aço rápido. Em aplicações com lixas é indicado para trabalhar em materiais não ferrosos como madeira e couro.

c) Grão Óxido de Alumínio Zirconado NZ: Rendimento 2 a 3 vezes superior aos grãos convencionais. Indicado para desbaste pesado e corte rápido de metais ferrosos e nos casos de lixas também em materiais não ferrosos como madeiras moles ou duras, compensados, aglomerados e vidros.

d) Grão Óxido de Alumínio Zirconado ZF: Apresenta elevada resistência e elevado desempenho. Sendo, portanto, indicado para desbaste pesado e alta remoção de metais ferrosos em aciaria e fundição.

e) Grão Óxido de Alumínio Zirconado ZS: Apresenta alta resistência. É indicado para operações de condicionamento de barras, placas, etc. em que a pressão de trabalho é extremamente elevada.