1- Tipos de abrasivos para jateamento

Jateamento é o melhor processo de preparação de superfície. Existem vários tipos de jato abrasivos como vamos ver a seguir:

Jateamento com esferas de vidro (Shot Peening)

Jateamento com microesferas de vidro é uma técnica muito potente de limpeza de superficie. Trata-se de um moderno e eficiente processo.

A perfeição dos resultados obtidos na limpeza de peças são de alta responsabilidade dimensional e além de tudo é um processo que por sua rapidez e eficácia é de uma economia praticamente imbatível.

Vantagens do Shotpeening

Não é abrasivo, não prejudica a peça ao remover as contaminações produzindo com isso um excelente acabamento.

Não contamina a peça incrustrando-se nas superfícies.

Baixo custo operacional

Jateamento com Granalhas de Aço

As granalha é um dos principais matérias de jateamento disponíveis no mercado.

Inicialmente eram fabricadas de ferro fundido.

Vantagens

• Baixo custo operacional

• Velocidade de limpeza

• Uniformidade no acabamento

• Menor desgaste

• Menor geração de pó

Jateamento com óxido de alumínio (AI2 O3)

O jateamento com óxido de alumínio é um dos mais empregados ao lado do shootpeening.

O óxido de alumínio é um produto obtido artificialmente pela fusão em fornos elétricos e resfriamento lento da bauxita e posteriormente moído.

Vantagens para o jateamento com óxido de alumínio

Por ser um processo altamente abrasivo é ideal para:

• Remoção de incrustações muito duras

• Preparação de superfícies para malhação, eletrodeposição e pintura e rugosidades controladas para.

• Ancoragem, principalmente em peças de elevada dureza superficial.

• Preparação de superfícies para aderência de revestimentos de alta responsabilidade;

Outros tipos de materiais utilizados em jateamento para diversas outras finalidades.

Materiais orgânicos: Cascas de noz ou pêssego ou castanha do Pará, sabugo do milho, ossos do peixe e outros, moídos e classificados. São empregados para limpeza de peças de alta precisão por serem ainda menos abrasivos e de efeito mais suave do que as esferas de vidro.

São muito empregadas para desrebarbamento de plásticos quebradiços por não prejudicarem o brilho superficial.

Quartzo: É um material de grande pureza e mais durável do que a areia, principalmente quando à segurança dos operadores (não provoca a silicose). Uma de suas aplicações bastante comum é para gravação ou decoração de pecas de vidro.

Areia: Seu uso já é proibido em vários países desenvolvidos, pois provoca silicose.

Recomenda-se seu emprego apenas em locais a céu aberto onde não há condições de recuperar a reciclar os materiais de jato.

É de rápida fragmentação o que a torna antieconômica se comparada com a granalha de aço, por exemplo, quando usadas em ambientes confinados.